Os mistérios do nosso cérebro – Dois hemisférios, duas mentes

Se você já viu um cérebro humano fica óbvio que os dois hemisférios são completamente separados um do outro. E eu tenho um cérebro humano real aquicérebro+ladrao. Isso é um cérebro humano. Aqui é a frente do cérebro, a parte de trás com o cordão espinhal pendurado e assim é como está posicionado dentro da minha cabeça. E quando você observa o cérebro, é óbvio que os dois hemisférios são completamente separados um do outro. Para quem entende de computadores, nosso lado direito funciona como um processo paralelo. Já o nosso lado esquerdo funciona como um processador serial. Os dois hemisférios se comunicam através do corpus collosum que é constituído de 300 milhões de fibras (axonal). Mas sem contar isso, eles são completamente separados. Como eles processam informação de forma diferente, cada lado do cérebro pensa em coisas diferentes, se importam com coisas diferentes e posso dizer que têm personalidades diferentes.

 

 

Nosso hemisfério direito é todo esse momento, sobre aqui e agora.

Nosso hemisfério direito pensa em imagens e aprende cinestesicamente através dos movimentos do corpo.

Informação em forma de energia corre simultaneamente por todo nosso sistema sensorial. E então explode nessa enorme imagem (colagem) sobre o que significa esse momento presente.

Quais os cheiros desse momento, os gostos, como é sentido e como é escutado. Eu sou um ser energético (?) conectado com toda a energia a minha volta por essa consciência do agora do lado direito do meu cérebro. Nós somos seres de energia conectados uns aos outros através da consciência do hemisfério direito como uma única família humana. E nesse momento, agora mesmo, todos somos irmãos e irmãs nesse planeta e estamos aqui para fazer o mundo melhor. E esse momento é perfeito. Nós estamos unidos. E somos maravilhosos.

Já o meu lado esquerdo é um lugar bem diferente. Nosso lado esquerdo pensa de forma linear e metódica. Ele pensa sobre em todo nosso passado, e também no futuro.

O hemisfério esquerdo é desenhado para pegar essa enorme imagem desse exato momento e capturar mais detalhes e mais detalhes e ainda mais detalhes sobre os detalhes. Então ele classifica e organiza todas essas informações. Associa isso com tudo que aprendeu no passado e projeta todas as possibilidades disso para o futuro.E nosso lado esquerdo pensa na linguagem.

E esse fluxo constante de informação do cérebro que conecta meu mundo interno com meu mundo externo. É aquela voz dentro da gente que me diz: “Você precisa se lembrar de comprar algumas bananas quando voltar para casa e come-las pela manhã”. É essa inteligência calculista que me lembra que tenho que lavar minhas roupas. Mas o mais importante, é que essa voz me diz: “Eu sou. Eu sou.” E no momento em que meu hemisfério esquerdo me diz “Eu sou” eu me torno separado. Me torno um indivíduo separado do fluxo de energia à minha volta e me separo de você.

Então, quem somos nós? Nós somos a força de vida poderosa do universo, com habilidades manuais e duas mentes. E nós temos o poder de escolher, a cada momento, quem e como nós queremos ser no mundo. Aqui e agora, nós podemos entrar no nosso lado direito do cérebro – Eu sou – a força de vida poderosa do universo, e a força poderosa de 50 trilhões de belas moléculas que me dão forma. Como um em tudo que é. Ou eu posso escolher pular para o lado esquerdo do meu cérebro, onde eu me torno um único indivíduo, sólido, separado de todo o fluxo, separado de você. Eu sou a Drª Jill Bolte Taylor, intelectual, neuroanatomista. Esses são o “nós” dentro de mim.

O que você vai escolher? O que você de fato escolhe? E quando? Acredito que quanto mais tempo escolhermos entrar nos profundos e pacíficos circuitos do nosso lado direito do cérebro, mais paz nós vamos projetar para o mundo e mais pacífico nosso planeta será. E eu acho que essa ideia que deveria ser espalhada.

 Jill Bolte Taylor -neurocientista americana

Anúncios
por corpoconsciente

CÉREBRO, OLFATO E AROMATERAPIA. Autor: Martha Follain.

A palavra “aroma” vem do grego e, significa “fragrância”. Terapia é o mesmo que “tratamento” – assim, “Aromaterapia” é o tratamento através dos cheiros, das fragrâncias.

O cérebro humano, apresenta dois hemisférios. Quando visto de cima, um grande sulco (fissura inter-hemisférica) separa o cérebro em duas metades: esquerda e direita, unidas pelo corpo caloso (consistindo em feixe de nervos), os quais trocam informações e se complementam, sendo que cada lado recebe e aprimora determinados estímulos e “opera” a parte oposta do corpo.

Compreendemos o mundo através de nossos cinco sentidos: olfato, paladar, tato, audição e visão devido a interpretações do cérebro.
O olfato e o paladar informam sobre a natureza química do que nos cerca. O nariz e a boca colhem as informações, e o cérebro as interpreta. O olfato e o paladar estão ligados. O olfato humano é um sentido primitivo, e as células olfativas se regeneram.

A conexão “olfato”, é muito mais rápida e mais decisiva do que os sistemas para os outros sentidos, e não se registra muita filtragem antes da ação ser exigida pela memória adicional”.
Portanto, os cheiros evocam memórias de uma forma instintiva e emocional. Os óleos essenciais usados no tratamento de desordens emocionais proporcionam excelentes resultados.

Das plantas são extraídos óleo essenciais a serem aplicados isoladamente ou combinados com outros aromas. Os óleos essenciais podem ser usados em massagens, compressas, água do banho, difusores, vaporizações, e podem também ser acrescentados em loções, cremes ou simplesmente inalados. Os óleos essenciais exercem uma influência sutil no corpo, mente e emoções.
É um tratamento seguro quando aplicado por terapeuta especializado – alguns óleos podem ser tóxicos, e perigosos se indicados por pessoa leiga. É uma terapia não convencional, embora seja uma das técnicas mais antigas da história da prática de tratamentos. É considerada uma terapia holística, pois reconhece o ser vivo em seu todo: corporal, mental e emocional.

Atualmente, devido à sua grande diversidade de uso, a Aromaterapia é dividida em três áreas:

Fisiológica: os óleos essenciais contêm princípios ativos, que podem tratar os estados fisiológicos. Os estados fisiológicos são: debilidade, fraqueza, astenia, desidratação, hipertenção, rouquidão, obesidade, desnutrição, letargia, hipotenção, flatulência, etc., e podem ser tratados com o uso de massagens, reflexologia podal, banhos, compressas, inalação, etc.. e como técnica de beleza aliada ao uso de cosméticos e outros produtos;

Psicológica: conhecida como psicoaromaterapia, tendo como objetivo harmonizar e equilibrar as emoções e a alma do ser vivo, através dos efeitos psicológicos emocionais e mentais;

Energética: com a frequência vibracional sutil dos óleos essenciais.

A palavra “energia” vem do grego “energes”, “ativo” que por sua vez deriva de “ergon”, “obra”. Energia significa “atividade”. O Universo é composto por energia. A Teoria Quântica explica que a matéria densa é energia em certo grau de movimento. Até o ar que respiramos é composto pela mesma energia vital vibrando em outra freqüência.
A matéria, por ser também energia, vibra em determinadas freqüências. Quanto mais baixa for a freqüência da vibração, mais densa será a matéria. Quando a freqüência da vibração é mais elevada, a matéria será mais sutil.
Os seres vivos, assim como tudo na Natureza, são compostos de energia.
Segundo a Teoria de Einstein, massa é igual a energia condensada. Nosso organismo é massa, energia condensada, composto de células, moléculas, átomos que são formadas por prótons, nêutrons e elétrons. Nossos corpos, como tudo mais no Universo, são constituídos de átomos. O átomo é composto por um núcleo e uma eletrosfera. A eletrosfera é composta apenas por elétrons, os quais giram em torno do núcleo em locais diversos. Qualquer átomo no Universo está sempre recebendo energia ou cedendo energia. Todos os corpos, por sua composição são capazes de emitir e captar energia. O ser vivente é formado por células, e sendo as células unidades vivas, geram vibrações contínuas. Tais vibrações criam um campo de energia – o campo eletromagnético ou campo bioelétrico. Os óleos essenciais agem nesse campo. 

O infindável sistema de energia satura todas as coisas animadas e inanimadas no Universo, envolvendo tudo num eterno processo de transformação, propagação e interação. A energia que os seres vivos absorvem é proveniente de variadas fontes: sol, alimentação de sólidos e líquidos, ar atmosférico, água, sono, etc.. A energia constitui o substrato básico do Universo. O corpo irradia calor, sendo esse calor energia vital.

A nomenclatura é muito variada, divergindo de cultura para cultura, de filosofia para filosofia, etc.. Por exemplo, no Japão a energia vital é conhecida como “Ki”, os russos chamam-na de “energia bioplasmática”, os hunas da Polinésia “mana” , os índios iroqueses americanos chamam-na “orenda”, na Índia é “prana”, nos países islâmicos “baraka”, na Cabala é “luz astral”, Wilhelm Reich chamou-a de “energia orgônica”, e na China é “Qi”.
Portanto, a Aromaterapia, como sistema de ampla atuação que é, tratando os desequilíbrios do organismo, as desarmonias psicológicas e energéticas, deve ser exercida por profissional com habilitação adequada. Além desse requisito básico, com ética, amor e muito bom senso.

https://corpoconsciente.wordpress.com/harmonizadores-vibracionais-aromasflorais/

Image

por corpoconsciente